Confira abaixo o resultado Prêmio de Redação dos anos de 2013 a 2017:

I PRÊMIO FLIARAXÁ LITERATURA NAS ESCOLAS – CONCURSO DE REDAÇÃO
REDAÇÕES PREMIADAS 2013

1º LUGAR – Natalia Ribeiro – Colégio Atena
Marina Leite – Colégio Monteiro Lobato
João Vitor
Ashiley Caroline
Camilly Neves – E.M. Nelson Gomes

II PRÊMIO FLIARAXÁ LITERATURA NAS ESCOLAS – CONCURSO DE REDAÇÃO
REDAÇÕES PREMIADAS 2014

1º LUGAR – SOFIA DECKERS DE FARIA
7 anos – 2º ano – Escola Estadual Delfim Moreira
Leitura para um mundo melhor
Ler é algo divertido. É incrível poder conhecer novas histórias, e fazer com que tomem forma
na minha mente.
Livros transmitem, além de conhecimentos, sentimentos e me faz embarcar em um mundo de
aventuras cheias de emoções. Em suas folhas posso visitar o mundo em um virar de páginas.
Com um livro posso conhecer a China, França ou a Terra dos Meninos Pelados. Entro em um
mundo de sonhos, onde posso viajar com pó de pirlimpimpim ou nas asas de um dragão.
Ler não é apenas bom para se conhecer o português, e sim sobre o mundo e até sobre eu
mesma. Livros não são capazes de transformar o mundo em um lugar melhor. Eu acredito que
livros podem me transformar em uma pessoa melhor.

2º LUGAR – STEFANY TEREZA BISPO MELCHIOR
15 anos – 1º ano – E. E. Dom José Gaspar
Mundo maior
No Brasil e em outros países do mundo a taxa de analfabetismo é extremamente alta. Várias
campanhas foram realizadas a fim de erradicar esse problema, mas infelizmente, não temos
um resultado satisfatório.
Muitos brasileiros não compreendem o que a leitura pode causar em nossas vidas, mas eu,
como leitora assídua, posso dizer que ela atinge pontos desconhecidos e até mágicos do nosso
ser, abrindo janelas fechadas e despertando o valor da imaginação.
Como disse-nos Agostinho Silva “escrevendo ou lendo nos unimos para além do tempo e do
espaço, e os limitados braços se põem a abraçar o mundo; a riqueza de outros enriquece a
nós.” Podemos viajar para lugares inimagináveis da história de outros e até mesmo da nossa
própria história vital, podemos nos identificar com personagens fictícios ou verídicos.
A leitura que caminha lado a lado com a escrita permite-nos a sensação de saciedade do corpo
e da alma, além de nos tornarmos alfabetizados, portadores de conhecimentos e sabedoria.

3º LUGAR – MARÍSIA PEREIRA RIBEIRO MACHADO
18 anos – 3º EM – Colégio Monteiro Lobato
O processo gustativo da leitura
Acredito que a leitura seja um importante mecanismo de formação do indivíduo. E assumo só
ter aprendido isso no auge dos meus 15 anos. É claro que desde pequena, sendo neta de uma
professora de português e artista plástica, fui o tempo todo influenciada e incentivada a
encontrar meu próprio “paladar” na literatura e cultura em geral. Me diziam que era
necessário que eu me identificasse, durante a vida intelectual, com pelo menos uma obra
literária; e seria uma experiência extraordinária e inesquecível. Pois realmente foi! E, além
disso, me ajudou na escolha do que fazer depois do ensino médio.
No meu primeiro ano de ensino médio, meu professor de história- sou cercada pela “espécie”-
me apresentou o livro que me abriria os olhos para o modo de ver e compreender as pessoas e
que traria, após sua leitura, o desejo de cursar psicologia: “O lobo da estepe”, do autor alemão
Hermann Hesse.
Com o enredo carregado de existencialismo, descobri ser um clássico da literatura alemã. O
“estalido” da obra acontece quando o personagem, numa de suas caminhadas solitárias
noturnas, entra numa porta com atraente letreiro luminoso onde se lê: “Teatro Mágico:
entrada só para raros” e, lá dentro, viveria uma descoberta interior; experiência de reflexão
sobre si mesmo e a natureza humana. Aos 50 anos, Harry Haller é desafiado a confrontar tudo
o que, por toda a vida, rejeitou.
Creio que todas as pessoas têm o direito e, porque não dizer o dever, de vivenciar também
essa experiência de autoconhecimento e percepção do mundo e da sociedade; que acontece,
a meu ver, quando é alcançado um desenvolvimento completo do “processo gustativo” da
leitura. Portanto é preciso ler, e como afirmou Rubem Alves em uma crônica, “ler
vagarosamente, prestando atenção nas ideias que se escondem nos silêncios que há entre as
palavras”. Depois de uma leitura, um indivíduo completo é formado. Um destino pode ser
traçado.

4º LUGAR – ANA ELIZA RIBEIRO RODRIGUES
11 anos – 5º ano – Colégio São Domingos
Leitura para todos
Ah… leitura para um mundo melhor… Por onde começar?

Leitura que encanta, leitura para todos os gostos, todos os saberes e sabores, todas as línguas,
idades, opiniões, todas as cores, leitura para o mundo!
Ler é como uma viagem que não há neste tempo nem em outros. Sim, uma viagem mágica que
nos leva para outros lugares, outros mundos; nos faz imaginar, nos dá criatividade, aumenta o
nosso vocabulário, nos alivia do tédio, encoraja-nos diante dos desafios, nos dá sabedoria,
respostas e, principalmente, nos ajuda a descobrir a virtude de sonhar através dos livros.
Eu mesma, escrevendo este texto, fico pensando o quanto a leitura nos enriquece e nos ajuda.
Livros emprestados, comprados, alugados, presenteados, encontrados, coloridos. Não
importa! Todos dão a sensação prazerosa, maravilhosa e importante que é ler. Ler por prazer,
para aprender ou algo resolver. A leitura é para mim, para ele, para ela, para você, para nós,
para todos que querem fazer do mundo um lugar melhor e através da leitura se tornarem
pessoas melhores.

5º LUGAR – VINÍCIUS MANOEL DA SILVA LIBANIO
14 anos – 8º ano – Escola Municipal Francisco Primo de Melo – Fazenda Três Rios
Leitura: conhecimento e diversão
Meu nome é Vinícius Manoel da Silva Libânio, sou um adolescente de 14 anos e moro na
Fazenda Três Rios. No decorrer dos meus dias estudo, cumpro minhas tarefas diárias ajudando
meu pai e leio livros, revistas, jornais, sites…
Leitura…o que falar sobre ela? Qual sua importância em minha vida? Eu leio para aprender,
informar-me e, principalmente, viajar nas histórias. Quando pequeno, mesmo antes de
conhecer as letras, eu já gostava de ver os desenhos nos livros quando ouvia alguma história.
As cores e as formas já me fascinavam!
Cresci, fui para a escola e conheci um mundo novo através das figuras e das letras. Descobrir
as palavras era uma sensação indescritível. Nas histórias aprendi a cantar, brincar, expressar-
me e assimilar várias matérias e até mesmo outras línguas.
Hoje a leitura de livros, jornais, revistas deixam-me mais informado e conhecedor de vários
assuntos. Nos livros de histórias viajo em um mundo desconhecido, cheio de aventuras, medos
e emoções, alguns até me fazendo chorar.
E agora, temos ainda a Internet que nos permite leituras diversas, onde encontramos de tudo,
mas precisamos saber por onde navegar, pois nela também se encontram muitas armadilhas.
Faço da leitura o melhor instrumento para aprender e também me proteger de perigos que
possam colocar minha vida e saúde em risco. A leitura envolve-nos, cativa-nos e nos ensina.
Ela é o pilar de nossa vida e nos traz alegria e sabedoria.

Ler transporta-nos ao futuro e nos faz voltar ao passado pelas velhas lembranças, enchendo
nossas vidas de emoções e abrindo portas para um mundo melhor.

III PRÊMIO FLIARAXÁ LITERATURA NAS ESCOLAS – CONCURSO DE REDAÇÃO
REDAÇÕES PREMIADAS 2015

1º lugar – Maria Bianca de Souza Fazzion do Colégio São Domingos
2º lugar – Júlia Xavier Prado da Escola Estadual Delfim Moreira
3º lugar – Nicholas Gabriel Carvalho Silva da Escola Estadual Pio XII
4º lugar – Larissa Kellen Marques Lacerda  da Escola Municipal Dona Gabriela
5º lugar – Anna Clara Nogueira da Escola Estadual Dom José Gaspar

IV PRÊMIO FLIARAXÁ LITERATURA NAS ESCOLAS – CONCURSO DE REDAÇÃO
REDAÇÕES PREMIADAS 2016

Kamila Kikuchi – Colégio Atena
1º LUGAR Nicole Ferreira Cruvinel – Colégio Dom Bosco
Ana Cecília Paiva Aguiar – Colégio São Domingos
Carlos Vinicius Santos – E.E. Armando Santos
– E.M.

V PRÊMIO FLIARAXÁ LITERATURA NAS ESCOLAS – CONCURSO DE REDAÇÃO
REDAÇÕES PREMIADAS 2017

1º LUGAR – Sther Dias Damico – E. E. Vasco Santos
2º LUGAR – Mateus Moreira – Colégio Dom Bosco
3º LUGAR – Cecilia Borges – E.E. Coronel
4º LUGAR – Luana Ferreira Batista- E.E. Armando Santos
5º LUGAR – Gabriely Alexandra dos Reis – E.M. ALICE MOURA